Orgão Oficial

ABCD - Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva - Brazilian Archives of Digestive Surgery

Instruções aos Autores

Escopo e política


ABCD – ARQUIVOS BRASILEIROS de CIRURGIA DIGESTIVA é periódico com um único volume anual, órgão oficial do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva – CBCD e tem por missão a publicação de artigos de estudos clínicos e experimentais que contribuam para o desenvolvimento da pesquisa, ensino e assistência na área gastroenterologia cirúrgica, clínica, endoscópica e outras correlatas. Tem como seções principais artigos originais, artigos de revisão ou atualização, artigos de opinião (a convite) e cartas ao editor. Outras seções podem existir na dependência do interesse da revista ou da necessidade de divulgação.

Os trabalhos enviados para publicação devem ser inéditos e destinarem-se exclusivamente ao ABCD e não podem ter sido publicados anteriormente em forma semelhante. Toda matéria relacionada à investigação humana e pesquisa animal deve ter aprovação prévia do Comitê de Ética em Pesquisa – CEP – da instituição onde o trabalho foi realizado, ou em outra instituição local ou regional se não houver este comitê onde ela foi desenvolvida. Seguindo as normas correntes da boa prática em pesquisa humana, os pacientes arrolados no estudo devem ter formulário de consentimento livre e informado assinado.

O ABCD apóia as políticas para registro de ensaios clínicos da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do International Committe of Medical Journal Editors (ICMJE), reconhecendo a importância dessas iniciativas para o registro e divulgação internacional de informação sobre estudos clínicos, em acesso aberto. Quando os artigos encaminhados forem controlados aleatórios (randomized controlled trials) e ensaios clínicos (clinical trials), pesquisas que tenham recebido número de identificação em um dos Registros de Ensaios Clínicos validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e ICMJE, cujos endereços estão disponíveis no site do ICMJE (www.icmje.org). O número de identificação deverá ser registrado ao final do resumo.

A Revista segue as Diretrizes do Código de Conduta e Melhores Práticas estabelecidas pelo Comitê de Ética na Publicação (COPE https://publicationethics.org/). De acordo com estas diretrizes, a falha em aderir às condições descritas dentro resultará na publicação do editor de uma correção apropriada, uma declaração de retratação ou a promulgação de uma retirada do artigo.

A Revista não tem taxa para publicação.


Forma e preparação de manuscritos


MANUSCRITOS

Os originais, escritos em português ou inglês, devem ser enviados eletronicamente pela plataforma eletrônica de submissão (http://abcd.gnpapers.com.br), quando então o(s) autores(s) receberão resposta, também por essa via, notificando seu recebimento. Esta confirmação não garante a publicação do artigo, mas sim confirma o recebimento e o encaminhamento para análise editorial. A redação dos manuscritos deve obedecer à forma escolhida pelo autor dentre as seções do ABCD e detalhadas mais adiante.

Todo artigo submetido à publicação, escrito de maneira concisa e no todo na terceira pessoa do singular ou plural.

Durante a submissão do artigo, se o autor colocar o mouse sobre os tópicos, poderá observar como será feita a avaliação técnica e do mérito, para que o artigo esteja de acordo com as normas da revista.

A submissão online será composta por


1) TIPO:


Artigo Original, Artigo de Técnica, Artigo de Revisão ou Carta ao Editor


2) TITULO E DESCRITORES:


Título em português e inglês com no máximo 250 caracteres (incluindo espaços)

Preenchimento de 3 a 5 descritores em português e inglês que estejam contidos nos Descritores de Ciências da Saúde – DeCS (http://decs.bvs.br/);


3) AUTORES (máximo 8)


nome completo do(s) autor(es) com identificação do(s) loca(is) onde o trabalho foi realizado, ficando clara a(s) instituição(s) envolvidas, cidade, estado e país;

Todos os autores devem se registram na plataforma ORCID (https://orcid.org/) e informar o número no campo correspondente do cadastro de Novo autor


4) RESUMO E INFORMAÇÕES


Resumo/Abstract, que não deve conter abreviaturas, siglas ou referências, em até 250 palavras, parágrafo único e estruturado da seguinte forma: racional, objetivo, método(s), resultados e conclusão(ões).

Mensagem para o Twitter

Ela contém a essência do manuscrito, e corresponde à mensagem principal. O limite é de 200 caracteres, incluindo espaços. Não é um breve resumo dos resultados, mas sim a interferência que é baseada nos resultados. É semelhante às conclusões do resumo. Poderá incluir uma ilustração a critério do autor.

Mensagem para o Facebook

Cada manuscrito deve incluir uma mensagem indicando aos leitores onde devem direcionar sua atenção para as informações apresentadas. Ela tem limite de até 500 caracteres, incluindo espaços, mostrando breve visão geral, a relevância e o significado dos resultados. Estudos que incluem temas de ciência básica ou experimental devem indicar a relevância clínica dos resultados e como podem contribuir para a prática clínica no futuro. Nos estudos clínicos, a mensagem deve indicar a significância dos achados e como os autores antecipam que seus resultados deverão auxiliar na prática clínica. Poderá incluir uma ou mais ilustrações a critério do autor, sendo uma delas a mesma enviada ao Twitter.

Outras informações sobre o manuscrito serão solicitadas como: e-mail alternativo, número do Comitê de Ética em Pesquisa, conflito de interesses, suporte financeiro e se o trabalho é ensaio clinico.


5) CONTEÚDO


Preenchimento do corpo do trabalho nas devidas divisões (Introdução, Métodos, Resultado(s), Discussão, Conclusão(oões) e Referências).

Atenção: Incluir todas as tabelas formatadas em Word no próprio texto. Outras ilustrações deverão ser incluídas como Anexos, seguindo a orientação a seguir.

As referências devem ser atualizadas, selecionar e usar a pesquisa relevante mais importante publicada no periódico revisado por pares. Não serão aceitas mais de 30 referências por artigo.

As regras de Vancouver (www.icmje.org) devem ser seguidas e elas devem estar em ordem alfabética. Além disso, inclua DOI ou PMID (PubMed).

Referências a resumos não são aceitos, comunicação pessoal ou qualquer outra fonte não indexada (livros de texto e teses).


6) ANEXOS - ILUSTRAÇOES


São considerados ilustrações todos os gráficos, quadros, fluxogramas e imagens. Todos devem ser denominados como figuras (limite de seis figuras).

Todas as figuras devem ser citadas no manuscrito no local onde devem aparecer – quer entre parênteses, quer referidos na própria redação. Cuidado especial deve ser tomado para que não haja redundância entre elas, ou seja, ter um gráfico que mostre a mesma coisa que uma tabela, por exemplo. Se isso ocorrer, o revisor do artigo sugerirá ao Editor a eliminação do que achar redundante. Figuras previamente publicadas devem ser citadas com a permissão do autor

Os arquivos enviados devem seguir as seguintes especificações:

•O tamanho máximo de 8MB
•O formato de imagem deve ser PNG, JPG ou TIFF. Documentos em PDF.
•Imagens devem ter o atributo DPI (Dots Per Inch) igual ou superior a 300
•Imagens devem ter a largura igual ou superior a 1000


7) PRE-VISUALIZAÇÃO E TERMO DE ACEITE


Uma vez o autor tendo preenchido todos os campos obrigatórios poderá pré-visualizar a versão final do manuscrito, pelo site ou em PDF.

Se houver algum item no check-list não preenchido ou não preenchido corretamente, o autor irá notar um ícone vermelho com um X, sendo necessário a correção.


Fica expresso que, com a submissão eletrônica, o(s) autor(es) concorda(m) com as seguintes premissas: 1) que no artigo não há conflito de interesse, cumprindo o que diz a Resolução do CFM nº.1595/2000 que impede a publicação de trabalhos e matérias com fins promocionais de produtos e/ou equipamentos médicos, e quando houver, citá-lo mencionando a empresa e relação com o interesse, podendo o artigo ser recusado se colidir com normas vigentes sobre o tema; 2) que não há fonte financiadora e quando houver – não há impedimento quando ela existir, citá-la no campo apropriado; 3) que o trabalho foi submetido à avaliação de Comitê de Ética em Pesquisa que o aprovou; 4) que concede os direitos autorais para publicação ao ABCD; 5) que autoriza o Editor-Chefe e/ou Corpo Editorial da revista a efetuar alterações no texto enviado para que ele seja padronizado no formato linguístico do ABCD, podendo remover redundâncias, retirar tabelas e/ou ilustrações que forem consideradas não necessárias ao bom entendimento do texto, desde que não altere seu sentido; 6) que o signatário da submissão se responsabiliza pela autorização dos demais autores frente a estas condições obrigatórias; 7) todos os conceitos e assertivas científicas emanadas pelos artigos, ou as publicidades impressas, são de inteira responsabilidade dos autores ou anunciantes; e 8) afim de efetuar uniformização da linguagem de termos médicos, os autores deverão utilizar a Terminologia Anatômica, São Paulo, Editora Manole, 1ªEd., 2001, para os termos anatômicos. O ABCD tem a liberdade se fazê-la caso o(s) autor(es) não a tenham seguido.

Conforme já visualizado nesta submissão, o texto final revisto e autorizado para publicação em português seguirá para o autor signatário providenciar a versão em inglês

Caso haja alguma alteração que o autor deseja fazer no texto em português aprovado, deverá demarcá-la em vermelho e enviar o texto com estas sugestões junto ao parágrafo com a versão ao inglês.


PEER REVIEW


Os estudos submetidos ao ABCD são encaminhados a dois revisores de reconhecida competência no tema abordado, designados pelo Conselho Editorial da revista (peer-review) e que são orientados a verificar a relevância da contribuição médica do artigo, originalidade existente, validade dos métodos empregados, validade dos resultados, possibilidade de citação do artigo por outros autores e o aspecto formal da redação. O anonimato é garantido durante todo o processo de avaliação. Os artigos recusados serão devolvidos. Os artigos aprovados ou aceitos sob condições, poderão retornar aos autores para aprovação de eventuais alterações maiores no processo de revisão e editoração e que possam modificar o sentido do exposto no texto enviado.

Copyright 2019 - Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva